Pular para o conteúdo principal

Cirurgia restaura função de mão paralisada

Cirurgia inovadora

Cirurgia inédita restaura função de mão paralisada

Meses após a cirurgia, paciente tetraplégico de 71 anos recuperou movimento das mãos e já pode se alimentar sozinho e escrever com ajuda

Paciente movimenta a mão após cirurgia inovadora que restaurou as funções do membro Paciente movimenta a mão após cirurgia inovadora que restaurou as funções do membro (Reprodução)
Pela primeira vez, médicos dos Estados Unidos usaram um novo tipo de cirurgia, denominada transferência nervosa, para restaurar a função da mão de um paciente que sofreu paralisia devido a uma lesão na coluna vertebral cervical (veja gráfico abaixo). O procedimento foi publicado nesta terça-feira na revista científica Journal of Neurosurgery.
info-transferÊncia-nervo
A cirurgia foi realizada na parte superior dos braços do paciente, onde se encontram os nervos responsáveis por dobrar o cotovelo. Nesta região, nervos que funcionavam e que já não funcionavam (por causa da lesão) correm em paralelo. Assim, é possível fazer uma "ponte" entre eles. No procedimento, o nervo que controla o movimento de compressão dos dedos polegar e indicador, que não estava funcionando, foi ligado a outro nervo ainda em funcionamento e responsável por dobrar o cotovelo.
Após meses de fisioterapia intensiva, o paciente de 71 anos, paralisado da cintura para baixo e sem o uso das mãos, pôde se alimentar sozinho e escrever com alguma ajuda. "Esta não é uma cirurgia particularmente cara ou complexa demais", diz Susan Mackinnon, da Universidade de Washington e coordenadora da pesquisa. "Não é um transplante de mão ou de face, por exemplo. É algo que gostaríamos que outros cirurgiões no país fizessem", diz.
Caso específico — A lesão do paciente estava no osso mais baixo do pescoço, conhecido como vértebra C7. Pacientes com lesões nas vértebras C7 e C6 não têm função da mão e são considerados tetraplégicos, embora costumem movimentar ombros, cotovelos e pulsos, já que esses nervos chegam à medula espinhal por cima do local da lesão.
Para as pessoas que se machucaram mais acima, ao longo do pescoço, da vértebra C5 até a C1, uma cirurgia assim provavelmente não serviria para restaurar a função da mão e do braço. "Esse procedimento é incomum para tratar a tetraplegia porque não tentamos atuar na medula espinhal, onde está a lesão", diz Ida Fox, cirurgiã da Universidade de Washington. "Ao contrário, vamos aonde sabemos que as coisas funcionam, neste caso, o cotovelo, para poder pegar emprestados ali os nervos e redirecioná-los para dar função à mão."
Recuperação — O progresso do paciente animou os cirurgiões, embora a operação tenha sido feita dois anos após o acidente. Ainda assim, foram necessários oito meses de tratamento depois da cirurgia para que o paciente pudesse movimentar os dedos polegar, indicador e médio da mão esquerda. Dois meses depois, ele conseguiu mover também a mão direita.
Segundo Lewis Lane, chefe de cirurgia de mãos no Hospital Universitário North Shore em Nova York, esse caso traz esperanças. "Algo raro é o fato de o paciente ter 71 anos. Os nervos das pessoas idosas costumam ter menor potencial regenerativo", diz Lane, que não participou da pesquisa.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

FINANCIAMENTO DE CIRURGIA PLASTICA EM MANAUS

Vale a pena financiar sua plástica? A resposta para a pergunta abaixo vai depender do seu nível de emergência em fazer a cirurgia, da sua situação financeira, do seu planejamento… Existe mais de uma maneira de conseguir a quantia para pagar pela tão sonhada plástica. Analise qual delas combina mais com seu perfil e comece a fazer as contas! Por Lara Martins Você já decidiu a plástica que deseja fazer, mas não tem o dinheiro em mãos para seguir em frente? Essa situação é a coisa mais normal do mundo e atinge a maioria das mulheres interessadas em dar um retoque no visual. Porém, hoje em dia, essa não é desculpa para adiar a realização do procedimento. Existem algumas maneiras para conseguir o dinheiro, cada uma com suas vantagens, desvantagens e pegadinhas. Mas respire fundo antes de tomar uma decisão. No caso de uma cirurgia plástica, há a interferência direta do lado emocional e, quando a emoção está no meio, nem sempre raciocinamos direito e podemos tomar a decisão erra…

PROTESE DE SILICONE EM MANAUS - TIRE SUAS DÚVIDAS

Mamoplastia de AumentoO que é a cirurgia de aumento de mama? Também conhecida como mamoplastia de aumento, a cirurgia de aumento de mama utiliza implantes para dar volume aos seios ou restaurar o volume mamário perdido após perda de peso ou gravidez.


Aumento da Mama Se você está insatisfeito com o tamanho da sua mama, a cirurgia de aumento de mama é uma opção a ser considerara. O aumento de mama pode:
• Aumentar o tamanho e projeção de seus seios,
• Melhorar o equilíbrio de seu corpo,
• Melhorar a sua autoestima e autoconfiança.
Os implantes também podem ser utilizados para reconstruir a mama após a mastectomia ou lesão.

O que não acontecerá A mamoplastia de aumento não corrige seios severamente caídos. Se você deseja um resultado que corrija a flacidez, o procedimento de elevação da mama pode ser realizado ao mesmo tempo que o aumento de mama ou, então, pode ser necessária uma segunda cirurgia. Seu cirurgião plástico irá ajudá-la a tomar esta decisão.

É certo para mim? A mamoplasti…

SEIOS P, M OU G? (próteses de silicone em Manaus)

Seios P, M ou G?
Grandes demais ou pequenos demais? A mulher que nunca se pegou pensando qual o tamanho ideal de seios para o seu corpo, que atire a primeira pedra. Para acabar com essa dúvida, esclareça aqui quais os prós e contras para cada tamanho de mama

Dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica estimam que os cirurgiões plásticos realizam aproximadamente 640 mil procedimentos cirúrgicos por ano no Brasil. As mulheres, responsáveis por 82% das intervenções, optam principalmente pelos implantes mamários. Já nos Estados Unidos, a Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS) divulgou que, em 2010, o procedimento cirúrgico número 1 no país (pelo terceiro ano consecutivo) foi o aumento mamário (318.123 cirurgias).
Desses, 38% envolveram implantes salinos e 62% foram feitos com implantes de silicone. 
Segundo a Allergan, detentora da linha Natrelle de implantes de silicone e expansores para cirurgias de aumento e reconstrução mamária, a idade das mulheres interessadas …